Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


HIDRATANTES QUE DESCEM DOS GLACIARES

por LA DIVA, em 15.12.14

Todos os anos, sob o sol das estações altas, os glaciares suíços derretem as camadas exteriores. Uma pequeníssima parte dessa água entra nos laboratórios da DERMOFARM e do INSTITUTO GANASSINI para comporem o UNIVERSO SENSILIS.

 

1.jpg

 

Creme Hidratante, para peles normais e mistas, e fiquei tão satisfeita que as minhas próximas compras irão eleger, em primeiro lugar, os outros produtos da gama.

 

 

Poucos cremes hidratantes encontrei tão completos e tão radiantes. Literalmente, a pele bebe desta água e transforma-se. E nós, olhamo-nos e recebemos de volta um sorriso igualmente radioso, porque pele hidratada é o primeiro passa da beleza natural.

 

Da textura ao suave perfume, da voluptuosidade, mesmo apenas com um hidratante, ao preenchimento da pele com água pura, tudo é uma descoberta surpreendente neste produto, que por enquanto só encontramos na secção de cosmética de farmácias.

 

Se ainda não tiveram a sorte de encontrar o TAL HIDRA, experimentem este SENSILIS na vossa próxima compra. A um preço muito acessível, cerca de € 35.00, a pele resplandece como verdadeiramente merece. E nós voltamos para descobrir os restantes produtos da beleza dos glaciares.

 

 

Site Meter

publicado às 16:38

A ÚLTIMA NOIVA DE OSCAR de la RENTA

por LA DIVA, em 22.10.14

clip_image002.jpg

 

Não tem de ser a sra. Clooney.

Pode ser qualquer uma de nós.

 

A sra. Clooney foi capa das últimas edições de moda em todo o mundo ocidental.

Nos últimos meses as editoras de styling adoraram poder quebrar a medalha de mérito do sr. Clooney como o solitário mais cobiçado de Hollywood.

 

Vão ter de lhe dar outra.

Podia ser agora um pequeno pin simbólico. Discreto e elegante, como ele gosta. Não precisa de ser assim uma espécie de diploma. Quem é que liga hoje a essas coisas?... Mas as editoras de moda vivem num mundo de fantasia. E, por vezes, também ficam out. O que é uma questão subjetiva, claro. A editora de moda da VOGUE de Nova Iorque, por exemplo, calça os mesmos sapatos há 20 anos. E ninguém lhe diz nada.

 

Para quê uma medalha que ninguém ia ver?

 

‘Porquê, Diva? Por que é que ninguém ia ver?’

 

A minha colega é muito palerma. Há algumas pessoas dessas aqui na InLisbon.

 

‘Ora, para quê gastar dinheiro numa coisa insignificante? Achas que as pessoas vão reparar nisso?’

‘Por que não haveriam de reparar se o dissermos nas nossas revistas?’

 

‘Maria, querida, o mundo ocidental inteiro vai estar a olhar para o vestido de noiva da noiva do sr. Clooney.’

 

‘Mas ela já casou há que tempos.’

 

‘Sim, mas usava um vestido Oscar de la Renta.’

 

‘Mas porquê?’

 

‘Porque pode e porque é bonito.’

 

‘Não é isso. Por que é que as pessoas vão olhar para o vestido?’

 

‘Porque é bonito e porque foi desenhado pelo Oscar de la Renta. E tu também devias olhar, não andas a ver vestidos de noiva para o teu casamento?’

 

Olha, vê esta coleção de noivas primavera 2015 do Mago.

Querias ou não usar um destes, como a sra. Clooney?

 

clip_image002.jpg

 

Podes ver mais aqui:

 

http://youtu.be/6gcUQdgEtjI

 

clip_image002.jpg

 

Site Meter

publicado às 12:36

OSCAR de la RENTA 1932-2014

por LA DIVA, em 22.10.14

DIVINAS COMO O MAGO NOS SONHOU

 

O Mago romântico faleceu ontem aos 82 anos.

 

clip_image002.jpg

 

No mundo da alta costura, são chamados de magos.

Seres únicos que recriam, vezes sem fim, a essência de uma mesma Mulher,

Escondendo-a depois, bem à vista de todos, enquanto, distraídos,

embasbacamos para algo que não sabemos explicar o que é.

 

clip_image002.jpg

 

Não usam as palavras, como os poetas fazem.

Não são seres de impressões.

 

São seres de expressão e cores.

 

clip_image002.jpg

 

Seres dos tecidos e dos sapatos e das malas e da joalharia.

clip_image002.jpg

 

Dos sonhos.

 

clip_image002.jpg

 

Das princesas.

 

clip_image002.jpg

 

Das fábulas contadas a lápis e agulha e tesoura,

Que incessantemente

Desenham e cortam e cosem

 

clip_image002.jpg

E colam.

Crianças grandes que nunca se cansam

De inventar.

 

clip_image002.jpg

São seres do teatro, das aparições e das desaparições.

 

clip_image002.jpg

 

E somos nós essa Mulher,

De cada vez que nos sonhamos

 

clip_image002.jpg

Sonhada por um Próspero na sua Ilha de beleza.

De cada vez que um olhar nos fizer sentir o desejo de ser divinas.

clip_image002.jpg

 

Tal como um Mago um dia nos Sonhou.

 

Site Meter

publicado às 10:51


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D